Um ano sem escolher adversário ~ Bora Leão
Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]

domingo, 9 de agosto de 2015

Um ano sem escolher adversário

Postado por Luca Laprovitera às 19:25:00 domingo, 9 de agosto de 2015
Estamos no nossos sexto ano seguido na Série C, das cinco participações passadas, na primeiro sequer passamos da primeira fase, na segunda lutamos até o último minuto e nos livramos de um pesadelo ainda pior que era a Série D, em 2012, campanha era a melhor da fase inicial, pegando o time mais fraco do outro grupo, o empate contra o Oeste em Itápolis deixou a vaga na nossa mão e dessa vez parece que finalmente ia. Não foi, 3x1 para o pequeno time paulista dentro de um Presidente Vargas lotado.

Em 2013, vaga perdida no último minuto contra o Sampaio Corrêa no Castelão. Chega 2014, novamente a melhor campanha da Primeira Fase entre os dois grupos, apenas três derrotas em 48 jogos disputados no ano, adversário com o pior desempenho entre os oito classificados, time pequeno, empate fora de casa, festa da torcida com direito a discurso de Rinaldo, mosaico e festa de mais de 60 mil tricolores, o palco estava armado, mas quem comemorou foi o Macaé, mais uma vez o mais fraco nos tirava.

Em 2015, mudamos um pouco, diferente dos outros anos, ganhamos o título cearense e batemos de frente com todos os clubes que enfrentamos, inclusive os dois da elite, Coritiba e Sport de Recife, esse último na zona de Libertadores. Vencemos até então 7 dos 11 jogos disputados, abrimos oito pontos de vantagem para o 5ª colocado, Salgueiro faltando sete rodadas para o fim da Primeira Fase, tendo quatro partidas em casa e os adversários, três dos quatro piores do nosso grupo. As chances de classificação são enormes e a possibilidade de que no aniversário de 97 anos do Leão, dia 18 de Outubro tenhamos um Castelão lotado gritando por um acesso se torna cada vez mais real.

 A nossa parte, até agora estamos fazendo, as quartas-de-final viraram nosso terror. Nesse momento, Brasil de Pelotas-RS, Tupi-MG, Juventude-SP e Londrina-PR formam os quatro classificados, tendo os poderosos e perigosos Portuguesa-SP e Guarani-SP. Com exceção do Tupi, todos os clubes são fortes e tradicionais, Juventude e Guarani são inclusive campeões nacionais de primeira grandeza. O time gaúcho foi campeão da Copa do Brasil em 1999 e o Guarani é campeão Brasileiro de 1978. Portuguesa foi vice-campeã do Brasileiro em 1996. Londrina campeão paranaense do ano passado, Brasil de Pelotas atual vice-campeão da Série D e semifinalista do gaúcho desse ano e o Tupi, o que não queremos que vire o Oeste ou Macaé desse ano, em caso de confronto. 

Todos os possíveis adversário em caso de classificação tem torcida, times bons e podem complicar, nos anos anteriores fazíamos contas para quem pegar e nesse ano não tem opção boa, todos podem complicar. O momento é de torcida e time se unirem cada vez mais, em um misto de apoio e concentração, para que independente o adversário que for, o Leão possa sair dessa, que já passou a hora. Que a sobriedade de partidas como da final do Estadual, até mesmo os 180 minutos contra o Sport na Copa do Nordeste e contra o Coritiba na Copa do Brasil ("obrigado", Deola), algumas partidas nessa Série C, que nossa tranquilidade nos leve a vencer os desafios e que finalmente possamos gritar a emoção do acesso onze nos depois.

Por Luca Laprovitera