10 grandes treinadores do Fortaleza ~ Bora Leão
Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]

quinta-feira, 15 de outubro de 2015

10 grandes treinadores do Fortaleza

Postado por Luca Laprovitera às 16:01:00 quinta-feira, 15 de outubro de 2015
Hoje é o dia do Professor, profissão não valorizada no nosso Brasil varonil que expande da sala de aula e chega até a beira dos gramados. Diversos grandes treinadores passaram pelo Leão, muitos a história fez o favor de esquecer, mas o Bora Leão tenta de tudo manter viva a memória de alguns, nem que não tenhamos arquivo fotográfico, confira 10 dos grandes mestres, 10 grandes treinadores do Fortaleza Esporte Clube:


-França
França pode não ser conhecido pela maioria da torcida, mas treinou o Fortaleza no fim dos anos 50, início dos anos 60. Foi bi-campeão estadual em 1959 e 1960, mas seu grande momento foi levar o Fortaleza de Moésio Gomes, Charuto e Bececê até a decisão sendo o primeiro clube cearense a conseguir tal feito, perdendo para o Palmeiras de Julinho Botelho na final.

-Gilvan Dias
Gilvan Dias foi o técnico campeão estadual de 1967, no ano seguinte levou o Leão ao vice-campeonato cearense que foi vencido pelo Ferroviário de forma invicta. Seu grande momento foi também nacional, levando o Tricolor pela segunda vez à final da Taça Brasil, perdendo para o Botafogo de Paulo César Caju e treinado por Zagallo na grande decisão.

-Mundico
Mundico (de preto em pé na foto) foi técnico do Leão nos anos 50. Em uma época considerada dourada para o esporte alencarino com grandes fases de Ceará, Ferroviário, Gentilândia, América, Calouros do Ar e Usina Ceará, Mundico conseguiu levar o Tricolor ao bi-campeonato cearense em 1953 e 1954. 

-José Macia "Pepe"
Sim, o histórico Pepe bi-campeão do mundo pela Seleção Brasileira e ídolo do Santos ao lado de Pelé treinou o Fortaleza. Depois de dois anos no Al-Sadd do Catar, José Macia chegou ao Leão durante o estadual de 1985. Depois de ver o Ceará ganhar o primeiro turno, a equipe de Pepe lutou até a final do segundo turno vencido pelo Ferroviário e conquistou o terceiro, e depois o triangular final na melhor campanha. O título foi o primeiro da vitoriosa carreira de treinador do ex-santista.

-Zé Teodoro
Talvez não tem histórico, mas sim bastante importante de forma negativa e positiva. Zé Teodoro foi o técnico do Ceará responsável pela perda do nosso tetra em 2006, mas quatro anos depois pelo Leão, mesmo com um time de Série C e o rival na Série A, Zé Teodoro conseguiu levar o histórico tetracampeonato.

O decorrer de seu trabalho pelo Leão não foi grande coisa, na Série C conseguiu eliminar o time de forma invicta vencendo 2 jogos e empatando 6 em oito partidas, derrubando a equipe ainda na Primeira Fase.

-Zetti
Zetti chegou no Fortaleza com apenas um ano de experiência como treinador em 2004. Depois de ter conseguido levar o Paulista de Jundiaí ao vice-campeonato paulista daquele ano, fracassou com o Guarani que mais tarde cairia na Série A. Com muita raça e determinação, Zetti levou uma limitada equipe de forma inacreditável de volta á Primeira Divisão do Brasileiro. Retornou em 2007, pegando um time ameaçado pelo rebaixamento na Série B e por pouco não levando de volta até um novo acesso. 

-Luiz Carlos Cruz
"Ele chegou, para enterrar Vovô, Luiz Carlos Cruz com certeza é Tricolor!" quem viveu o Leão entre 2002-2003 ouviu muito a TUF cantar essa música. Depois de ganhar o estadual pelo Ceará em 2002, roubando o tri do Leão, LCC assumiu o nosso time para a Série B. Uma equipe veloz, de futebol envolvente e levou pela primeira vez uma equipe cearense a conquistar o acesso à Primeira Divisão dentro de campo. No ano seguinte conquistou o título cearense, mas acabou sendo demitido após uma eliminação para o Figueirense no último lance pela Copa do Brasil.

-Ferdinando Teixeira
O técnico mais emblemático para última década, Ferdinando Teixeira foi o comandante do Leão campeão cearense depois de oito anos em 2000, depois levou a equipe a uma grande campanha na Série B e ainda comandou o tricolor por boa parte do primeiro semestre de 2001, com o time que ficaria conhecido como "Jangada Atômica" que foi semifinalista do Nordestão e conseguiu a melhor campanha do Fortaleza na história da Copa do Brasil chegando até as quartas-de-final, derrubando Internacional-RS e Bahia pelo caminho, sendo eliminado pela Ponte Preta. Saiu para o Santa Cruz, mas deixou o time pronto para Luís Antônio Zaluar levantar a taça do bi-campeonato. Voltou ao Fortaleza em outras oportunidades sem o mesmo sucesso.

-Moésio Gomes
Moésio Gomes (no centro da foto) é um gigante do futebol cearense, ídolo como jogador e treinador do Fortaleza, estava no time bi-campeão cearense comandado pelo Mundico em 1953 e 1954. Depois virou treinador e detém o recorde de ser o técnico que mais vezes ficou a frente do Leão com 290 partidas. Foi também o treinador responsável pelo título estadual de 1974 em que venceram o Ceará três vezes na mesma semana para levantar a taça.

-Marcelo Chamusca
Nosso atual treinador merece o crédito. Pegou um time depois de quatro anos frustrados na Série C e longe de ganhar o estadual, montou um time difícil de ser batido, mas que tinha problemas com decisão em 2014, perdendo o estadual nos detalhes para o rival e caindo de forma dolorosa para o Macaé na Terceirona. Saiu no início do ano, mas logo voltou, comandando o Leão ao título estadual depois de cinco anos e a melhor campanha da C. Está a dois dias de colocar ainda mais seu nome na história e nós contamos com isso.

Por Luca Laprovitera