10 zagueiros que poderiam jogar no Fortaleza em 2016 ~ Bora Leão
Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]

terça-feira, 27 de outubro de 2015

10 zagueiros que poderiam jogar no Fortaleza em 2016

Postado por Luca Laprovitera às 15:11:00 terça-feira, 27 de outubro de 2015

Depois de alguns dias de folga voltamos as listas do "Top 10 para 2016" e hoje é a vez dos zagueiros. Uma das minhas posições preferidas em campo, zagueiros são vitais em qualquer time, classudos ou carniceiros, são a maior vertente do futebol, seja raça ou elegância, o Fortaleza teve nomes imortais como Pedro Basílio e Ronaldo Angelim, tendo qualquer um a trajar as camisas 3 e 4 uma grande responsabilidade. 


-Ligger Malaquias (Oeste-SP)
Aos 27 anos, Ligger talvez não viva uma das suas melhores fases na carreira, não pela falta de qualidade e sim pela má fase de sua atual equipe. Bom zagueiro e com certa qualidade técnica, pode jogar também como lateral-esquerdo, lembrando bastante o estilo de Adalberto. Ligger era um dos zagueiros do Oeste no fatídico 3x1 em 2012, sendo mais a frente campeão da Série C. No estado passou por Guarani de Juazeiro e Icasa em 2010, e pelo Juazeiro em 2011. Chegou a jogar no Sheriff da Moldávia (clube da foto) onde atuou na Europa League e Champions League (fases preliminares), mas voltou ao Oeste.

-Vinícius Simon (Vila Nova-GO)
Revelado pelo Santos em 2007, Vinícius Simon ainda pertence ao time da Vila Belmiro. Ao longo dos anos jogou pelo time principal santista, Santo André, Criciúma, América-MG, Sport e agora no Vila Nova-GO, bom zagueiro e bastante seguro, tem certa experiência e um empréstimo seria uma vinda facilitada. Sua boa antecipação e estilo de jogo lembram do nosso atual camisa 3, Lima.




-Luizão (Londrina-PR)
Dos cinco jogos que disputou, o Londrina não tomou gol em nenhum, em quatro deles, incluindo os três de mata-mata, Luizão esteve em campo e teve atuações destacadas para garantir a boa fase defensiva da equipe paranaense. Raçudo e elétrico, não tem bola perdida para esse jogador de 25 anos que ainda virou o herói da equipe ao marcar o gol do acesso contra o Confiança nas quartas-de-final na vitória por 1x0.

-Flávio Boaventura (América-RN)
Outro da escola dos raçudos, Flávio Boaventura talvez não seja o mais técnico, mas não desiste de uma bola sequer. Raçudo, ele é um verdadeiro cão de guarda de qualquer sistema defensivo. Com 28 anos, teve boa passagem pelo ABC entre 2012 e 2013 quando foi para Paços de Ferreira de Portugal onde ficou por um ano e meio até chegar no América-RN.


-Jubal (Avaí-SC)
Revelado pelo Santos em 2013, Jubal chegou a ser titular por alguns momentos em 2014. Bastante alto (1,90 m), o zagueiro é soberano nas jogadas aéreas e dono de um vigor físico diferenciado. Atualmente está emprestado ao Avaí onde vem jogando pouco, com 22 anos, sem espaço na equipe santista e com seu atual empréstimo não indo bem (jogou apenas quatro partidas), Jubal pode vir a ser uma interessante ideia.



-Douglas Mendes (Operário-PR)
Douglas Mendes já é um velho conhecido do futebol. Esse gigante baiano, passou pelo Guarany de Sobral em 2012 na campanha do rebaixamento do rubronegro de Sobral para a Série D. Voltou no ano seguinte ao nosso futebol para atuar pelo Ceará, foi campeão cearense, mas acabou não se firmando e comendo banco. Depois de boa passagem pelo Treze-PB ano passado, passou rapidamente pelo futebol albanês. No início do ano assinou com o Operário e foi um dos destaques da equipe campeã paranaense e caiu para o Remo nas quartas-de-final da Série D, batendo na trave do acesso.

-Luciano Castán (Paraná-PR)
Irmão do zagueiro da Roma, Leandro Castán, Luciano ainda sim mantém o nome da família em bons zagueiros. Com passagens destacadas pelo interior de São Paulo pelo União São João, Ponte Preta, Bragantino e São Bernardo, passou sem sucesso também pelo Santos. Fez um ótimo Paulistão pelo São Bernardo que o levou até o Paraná para jogar a Série B.





-Mimica (Sampaio Corrêa-MA)
Mimica é um dos grandes nomes do futebol maranhense. Em sua quinta passagem pelo Sampaio Corrêa, é ídolo da torcida, foi campeão da Série D com o clube em 2012, também estava na campanha do vice-campeonato da Série C em 2013. Atualmente Mimica está no banco e perdeu espaço na equipe que luta para conseguir seu terceiro acesso em quatro anos, em busca de jogar, experiente com acessos, seria uma boa pedida.

-Diego Jussani (CRB-AL)
Já falamos de Luciano Castán, agora vamos falar da dupla de zaga dele durante o Paulistão desse ano. O São Bernardo que teve a terceira melhor defesa do torneio com 13 gols sofridos (atrás apenas de São Paulo e Corinthians com 12) era formado por Luciano e esse cara, Diego Jussani. Zagueiro acostumado com times tradicionais já passou por Ponte Preta, Bahia, Joinville e ABC, atualmente vem atuando pelo CRB. Não tão técnico, Jussani é 'zagueiro zagueiro', onde a bola passa e o jogador não.

-Neguete (Juventude-RS)
Sorridente, simpático e bom zagueiro, Neguete foi revelado pelo Cruzeiro em 2009, sem espaço foi emprestado ao Tupi e sagrou-se campeão da Série D em 2011. Sem chances em Minas, assinou com a Ferroviário em 2013, mas foi nesse ano que na equipe de Araraquara comandada por Milton Mendes, Neguete voltou a se destacar. Zagueiro da campanha do título da Série A2 do Paulistão, era o dono da defesa menos vazada da competição com 12 gols sofridos. Jogou a Série C pelo Juventude, foi reserva no início, mas tomou a posição no fim da competição, mas tarde para ajudar na classificação da equipe gaúcha.

Por Luca Laprovitera