10 meias que poderiam jogar no Fortaleza em 2016 ~ Bora Leão
Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]

quinta-feira, 12 de novembro de 2015

10 meias que poderiam jogar no Fortaleza em 2016

Postado por Luca Laprovitera às 17:41:00 quinta-feira, 12 de novembro de 2015

Segura que estamos chegando no fim da série "Top 10 para 2016" e hoje chegamos aos meio-campistas, os 'garçons' do futebol, uma posição que é clássica no nosso país e sempre tivemos grandes nomes aqui no Tricolor, inclusive a lista de hoje conta com pelo menos dois que já passaram por aqui anteriormente. 


-Edinho (Paysandu-PA)
Então vamos começar por quem já jogou aqui, não é? Edinho é das nossas categorias de base, subiu aos profissionais em 2013, mas chamou atenção no ano seguinte aonde foi um dos destaques do time na temporada. Foi vendido para o Avaí-SC no começo do ano e foi reserva do time que quase foi rebaixado no Catarinense e acabou negociado com o Paysandu-PA. No Papão, Edinho é reserva, mas um décimo segundo jogador, o que talvez não agrade tanto seus investidores. Quem sabe um retorno à casa não traga os eixos de volta ao jogador.

-Eduardo (Bahia-BA)
Que tal outro das bases para continuar? Eduardo foi revelado pelo Leão em 2010 na Fares Lopes, mas no ano seguinte foi negociado à preço de banana com o Fluminense-RJ. Chegou a atuar pelos profissionais do clube carioca em 2013, e no ano passado começou a rodar por empréstimo, primeiro, uma boa passagem pelo Ceará. No início do ano, participação no vice-campeonato catarinense do Joinville-SC e agora titular no Bahia-BA que luta pela subida à Série A. Realmente ele tem mercado e não é a opção mais fácil, mas com a identificação com o clube, pai sendo um dos conselheiros, voltar para casa e ajudar à levantar o clube do coração, no futebol só não vale desrespeitar a Lei de Gil (ouvir aqui).

-Rafael Gava (Londrina-PR)
Revelado pelo Internacional-RS em 2012, Rafael era tratado como uma boa promessa, mas sem chances no profissional foi emprestado ao ASA de Arapiraca para a disputada da Série C em 2014. Na equipe alagoana também não se firmou e apesar das boas atuações era banco do ídolo Didira. No começo do ano foi contratado pela Lajeadense para disputar o Gaúchão e ajudou a equipe à conquistar a vaga na Série D e foi contratado pelo Londrina. Na Série C é um dos destaques da equipe paranaense que está na final do torneio.



-Eduardo Ramos (Remo-PA)
Um verdadeiro "rei do acesso" Eduardo Ramos já conquistou seis acessos, sendo cinco seguidos. Revelado pelo Goiás em 2005, passou por Hermann Aichinger-SC, Pierikos da Grécia, Anápolis-GO, até chegar no Corinthians em 2008, onde conquistou o seu primeiro acesso da Série B para a Série A. Seu segundo acesso veio em 2011 com o Náutico, depois com o Vitória em 2012, com o Paysandu vice da C em 2013, o Joinville campeão da B no ano passado e agora com o Remo nesse ano. Eduardo é um dos únicos jogadores a conseguir acesso em todas as divisões, aos 29 anos.

-Alex Willian (Cuiabá-MT)
Aos 27 anos, Alex Willian é um ótimo meia-esquerda, com 7 gols assinalados na Série C desse ano, foi um dos principais destaques da equipe e a salvou do rebaixamento para a Série D. Revelado em 2008 pelo Santos, rodou bastante até chegar ao Cuiabá e é outro experiente com acessos. O primeiro foi com o Guarani em 2009 da Série B para a A. Em 2011 subiu com o Oeste-SP da Série D para a Série C. Em 2012 com o Paysandu da Série C para a B e ano passado com o CRB da C para a B.

-Bismarck (ABC-RN)
Não, esse não é aquele Bismarck das nossas bases. Esse Bismarck é natural de Barbalha e foi revelado pelo clube da cidade em 2010, se transferiu para o Icasa e ficou lá até 2012 quando foi contratado pelo São Paulo onde ficou treinando com a equipe sub-20. Em 2013 foi para o Luverdense-MT onde estava na equipe que subiu na Série C. Ano passado jogou pelo Icasa e nesse ano era titular do Remo campeão paraense e vice-campeão da Copa Verde, atualmente está no ABC-RN, apesar de seu futebol irregular no time potiguar, agrada alguns torcedores.

-Deyvid Sacconi (Luverdense-MT)
Revelado como uma grande promessa pelo Guarani de Campinas em 2005, Deyvid era uma das poucas coisas boas de um bugre em crise, ficou na equipe até conseguir o acesso na Série A2 do Paulistão em 2007, chegando no Palmeiras naquele mesmo ano como grande aposta. No Verdão foi campeão paulista, mas foi lá que ele começou a rodar. Goiás, Grêmio Prudente-SP, Náutico, Bragantino e Vegalta Sendai do Japão. Voltou ao Bragantino e foi negociado com o Khazar Lankaran do Azerbaijão, voltando ano passado para o ABC-RN, atualmente está no Luverdense em busca de reencontrar o bom futebol, uma aposta arriscada, mas é um jogador rodado e experiente apesar dos 28 anos.

-Danilo Bueno (CRB-AL)
Revelado pelo Vitória-BA, Danilo Bueno é um bom meia-direita que teve sua principal passagem pelo Bragantino aqui no Brasil. Parte do elenco campeão da Série C em 2007, ficou no clube paulista até 2010 quando foi pro Étoile du Sahel da Tunísia e depois para o Mersin Idman da Turquia, voltando ao Brasil em 2013 sendo um dos destaques do Botafogo-SP que chegou às quartas do Paulista se transferindo para o São Caetano no segundo semestre, mas não salvando a equipe do rebaixamento para a Série C e por pouco não caindo para a A3 do Paulista. Chegou a passar rapidamente pelo Bragantino durante a Série B no ano passado, mas acabou se transferindo para o Al Ittihad dos Emirados Árabes. Desde o meio do ano está no CRB e vem sendo um dos principais jogadores do time na campanha da Segundona ao lado de Zé Carlos.

-Marcelo Cañete (CRB-AL)
Sei bem que os estrangeiros no Pici nunca deram bem certo, mas Marcelo Cañete está mais do que adaptado ao Brasil. Revelado pelo Boca Juniors-ARG em 2010, era considerado o sucessor de Riquelme, no ano seguinte foi emprestado ao Universidad Católica do Chile e comandou a equipe até às quartas-de-final da Libertadores. Seu destaque levou ao São Paulo contratá-lo em Junho daquele ano, várias contusões atrapalharam o atleta em se firmar no time titular, até ser emprestado à Portuguesa-SP em 2013, foi bem, mas a má relação com a diretoria tricolor o levou à vários empréstimo, como pro Náutico-PE em 2014, o São Bernardo-SP nesse ano e agora ao CRB-AL. Adaptado ao Brasil e melhor das contusões, Cañete ainda é relativamente jovem, tendo 25 anos e procurando finalmente se firmar. Pode parecer meio irreal, mas um empréstimo e a oportunidade de ser titular e estar em evidência poderiam ser atrativos ao argentino.

-Lenílson (Gama-DF)
Para quem gosta dos experientes, Lenílson pode ser um boa pedida. Experiente meia-esquerda de 34 anos, Lenílson foi revelado em 2001 pelo Paraisense onde foi Campeão Mineiro da Terceira Divisão. Passou por América-MG, Atlético-MG e Marília-SP até chegar no XV de Piracicaba onde conseguiu o acesso da Série A3 do Paulistão em 2005. em 2006 conseguiu o estrelato ao levar o Noroeste-SP ao título Paulista do Interior e foi parar no São Paulo, onde foi Campeão Brasileiro em 2006. Rodou bastante até chegar ao Botafogo-PB em 2013, no "Belo" foi campeão da Série D e no ano seguinte do Paraibano. No início do ano foi para o Gama onde conquistou o título candango pelo clube do Distrito Federal, sem clube e experiente, Lenílson tem rodagem, títulos e força.

Por Luca Laprovitera