Série C e os sistemas de disputa ~ Bora Leão
Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]

quarta-feira, 25 de novembro de 2015

Série C e os sistemas de disputa

Postado por Luca Laprovitera às 17:33:00 quarta-feira, 25 de novembro de 2015

Hoje os clubes do Sul-Sudeste que disputarão a Série C de 2016 enviaram uma contra-proposta ao pedido da Federação Cearense, Federação Paraibana e do Fortaleza como modelo de disputa da próxima competição. O estilo proposto hoje era do clube com melhor campanha enfrentasse o de pior campanha independente do grupo, mas o certo é que a única mudança que os clubes parecem concordar é o fim do gol marcado fora de casa. Para falar melhor, separamos oito sistemas de disputa e explicamos, vantagens e desvantagens.

-Mata-mata grupo x grupo
O atual sistema é o mais tradicional dentro do futebol, o melhor do Grupo A enfrenta o pior do Grupo B e por aí vai. Em um torneio regionalizado ele pode ser bastante injusto como nesse ano, onde apenas um time do Grupo A conseguiu a classificação, o mesmo aconteceu em 2013, só que dessa vez foi do Grupo B que passou apenas um. 

-Mata-mata regionalizado
Esse propõe que os clubes do Grupo A se enfrentem no mata-mata e o mesmo para o Grupo B, sempre subindo dois clubes de cada grupo. Pode ter um problema já que as outras três séries não são regionalizadas e poderia causar um desequilíbrio. Esse foi o sistema proposto pela nossa linha de frente na Série C.

-Mata-mata do melhor x pior
Esse sistema já é utilizado na Série D do Brasileiro e na Copa Libertadores e foi o proposto pela linha Sul-Sudeste. O clube com melhor campanha enfrentaria o de pior, o segundo melhor enfrentaria o segundo pior e por aí vai. Dentro da do mata-mata, me parece ser a melhor, já que obriga todo mundo a sempre buscar a maior pontuação.

-Mata-mata por sorteio
O método europeu que é utilizado na Liga dos Campeões da UEFA e na Liga Europa é outra opção ainda não pensada, mas que é interessante. Apesar das opções serem pequenas, os clubes ainda sim não escolheriam adversário já que poderiam pegar um time de seu grupo ou do outro, mas complicaria a logística da competição. 

-Quadrangular
O sistema utilizado na Série B entre 2003 e 2005 causa um amor grande aos tricolores, afinal foi assim que subimos em 2004. Colocaria mais datas e os times jogariam mais, os quatro melhores iam ser divididos em dois grupos e os dois melhores de cada grupo subiam e poderiam jogar semifinal ou outro quadrangular para decidir o campeão.

-Octagonal
Entre 2006 e 2008 esse foi o método de disputa da Série C. Os quatro melhores de cada grupo iriam se enfrentar em um octagonal, e os quatro melhores subiriam. Na época fez muito sucesso.

-Todos contra todos e mata-mata
Esquema da Série B em 2002 e da Série A do Brasileiro entre 1996 e 2002, esse método consiste em todos os clubes se enfrentando e os oito melhores se classificando para o mata-mata. Com a necessidade de datas, a Primeira Fase ainda poderia ser em jogos de ida e volta, mas a necessidade de logística da CBF com a competição torna hoje inviável.

-Pontos corridos
Acho que todos devem achar o modelo ideal de disputa, todos contra todos em partida de ida e volta, sem grupos, subindo as quatro melhores campanhas assim como a Série B é disputada desde 2006 e a Série A desde 2003. Apesar de termos uma Série C com Fortaleza, Portuguesa-SP, Confiança-SE, América-RN, Juventude-RS, Botafogo-PB, Guarani-SP, Remo-PA, ABC-RN e talvez Ceará, ou seja, mais de dez times com grandes torcidas, a CBF não vê como economicamente viável esse sistema. Fazer o quê?

Por Luca Laprovitera