12 momentos marcantes da temporada ~ Bora Leão
Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]

terça-feira, 29 de dezembro de 2015

12 momentos marcantes da temporada

Postado por Luca Laprovitera às 13:21:00 terça-feira, 29 de dezembro de 2015

Entre alegrias e tristezas 2015 vai terminando, o fim do jejum veio pelos pés do herói improvável, mas o sonho do acesso não chegou. O Bora Leão marcou 12 momentos marcantes dessa temporada que ficará marcada no imaginário tricolor.

1-Jorge Mota eleito Presidente (01/12/2014)
Jorge Mota celebra vitória (Foto: Nayana Melo / O Estado)
Com 61% dos votos válidos, Jorge Mota voltava depois de doze anos a presidência do Fortaleza. Com a chapa "Fortaleza Para Todos", nascia a esperança de repetir o feito de 2000, quando acabou o jejum rival, papou o penta e ainda viu o time ganhar uma vaga na Série B.

2-Sai Chamusca, entra Nedo Xavier (31/12/2014-02/01/2015)
Nedo Xavier em coletiva (Foto: Fábio Lima / OPovo)
O treinador Marcelo Chamusca desistiu da renovação feita um mês antes e acabou indo para o Atlético-GO. Depois de dois dias foi anunciado Nedo Xavier que vinha para sua segunda passagem no Pici.

3-Fortaleza começa o ano (14/01/2015)
(Foto: Fábio Lima / O Povo)
Começou então o ano e o time estreava no Campeonato Cearense. A primeira partida um insosso 0x0 contra o Quixadá no estádio Agenorzão em Iguatu. O Tricolor de Aço demoraria a engrenar no estadual.

4-Primeiro Clássico-Rei abre o Nordestão (04/02/2015)
(Foto: Fábio Lima / O Povo)
O Nordestão começou disputado. O empate em 1x1 no Castelão deixou a torcida tricolor satisfeita. Magno Alves abriu o placar aos 27 do segundo tempo e o tricolor Vinícius Hess empatou quatro minutos depois.

5-Sai Nedo e volta Marcelo Chamusca (28/02/2015-02/03/2015)
(Foto: Assessoria FEC)
Depois de perder o Clássico Rei para o Ceará por 1x0, Nedo Xavier foi demitido do Fortaleza. No dia 2 de Março o clube anunciou o retorno de Marcelo Chamusca para o comando tricolor.
6-Fim do jejum (07/03/2015)
(Foto: GazetaPress)
Depois de dois anos, treze jogos sem vencer o rival, Maranhão acerta belo chute aos 41 do segundo tempo e acerta a virada por 2x1. O jogo marcava a reestreia de Marcelo Chamusca no comando tricolor.

7-Queda no Nordestão (29/03/2015)
(Foto: Assessoria FEC)
Depois de vencer o Sport por 1x0 no Castelão quatro dias antes, com Lúcio Maranhão perdendo o pênalti que seria da classificação, o Fortaleza não aguentou a pressão e em falha de Deola perdeu por 1x0. Na decisão de pênaltis Cassiano e Corrêa desperdiçaram, e viram o time pernambucano avançar às semifinais ao vencer por 4x2.

8-Papa Penta 2.0 (03/05/2015)
(Foto: Thaís Jorge / GloboEsporte.com)
Cinco anos sem títulos, duas finais perdidas em detalhes, um fantasma assombrava o Pici. Uma semana antes, o Fortaleza vencera o Ceará por 2x1 na primeira final. No meio de semana, os alvinegros venceram o Bahia por 2x1 e levantavam de forma inédita e invicta o título da Copa do Nordeste. No domingo, Daniel Sobralense chapelou João Marcos e abriu o placar. Com um a menos, o Ceará estava perdido até que no fim do jogo Deola toma frango homérico em chute de Ricardinho, o Fortaleza se perde, o suficiente para Assisinho virar aos 45 do segundo tempo, a torcida rival comemorar o penta. Mas jogo só termina quando o juiz apita, bola levantada na área, Tinga cabeceia pro meio e Cassiano desvia aos 47 minutos, o herói improvável virava lenda e papava o penta, 2x2 e o título voltava ao Pici.

9-O calvário de Deola (13/05/2015)
(Foto: Gazeta Press)
Depois de vencer o Coritiba por 2x1 na primeira partida da Segunda Fase da Copa do Brasil no Castelão, o Fortaleza chegava ao Couto Pereira precisando apenas de um empate. O primeiro jogo foi marcado pelo gol incrível que Lúcio Maranhão e Daniel Sobralense perderam. No segundo jogo, 2x1 para o time paranaense, Deola falharia três minutos depois do gol de empate do Fortaleza com Daniel Sobralense, soltando a bola nos pés de Raphael Lucas. Nos pênaltis, o goleiro tricolor não só não chegou nem perto de pegar nenhuma das 11 cobranças, como isolou a sua, eliminando o time e nunca mais sequer indo ao banco até sua dispensa no fim desse ano.

10-Começa a Série C (17/05/2015)
(Foto: Normando Sócrales)
A Série C começou com pé direito, vitória sobre o Icasa no Romeirão por 2x0 com gol contra de Rodrigo Almeida e do zagueiro Adalberto. O Fortaleza pelo terceiro ano seguida estreava vencendo fora de casa na competição.

11-O fim de um sonho (17/10/2015)
(Foto: José Leomar / Agência Diário)
Melhor campanha da Primeira Fase, melhor ataque e segunda melhor defesa, 62.903 torcedores empurrando no terceiro maior público do Brasil em 2015, o necessário, apenas um 1x0 para levar aos pênaltis, resultado do jogo anterior em favor do Brasil de Pelotas uma semana antes no interior gaúcho. Nem mesmo 95 minutos foram necessários para furar o bloqueio e o sonho do acesso mais uma vez ficava no quase.

12-Sai Chamusca, chega Flávio Araújo e um novo sonho (20/10/2015-21/11/2015
(Foto: Rodrigo Carvalho / OPovo)
Depois da eliminação na Série C, Marcelo Chamusca abandonou o posto de treinador. Um pouco mais de um mês depois, o clube anunciava o acerto de Flávio Araújo para sua terceira passagem no Tricolor de Aço. O treinador vem de seis acessos em seis anos, sendo oito na carreira e é o atual vice-campeão da Série D e Campeão Piauiense pelo Ríver-PI.

Por Luca Laprovitera