Dissecando o Fortaleza 2016, posição a posição. ~ Bora Leão
Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]

sábado, 16 de janeiro de 2016

Dissecando o Fortaleza 2016, posição a posição.

Postado por Unknown às 15:10:00 sábado, 16 de janeiro de 2016
Pré-temporada 2016 chegando ao fim após três jogos - 3x0 Maranguape e 3x0 e 0x2 Guarany de Sobral. Chegou a hora do Bora Leão trazer uma análise posição a posição do atual elenco do Fortaleza. Leia, informe-se e deixe seu comentário. 



GOLEIRO - Temos duas boas opções. Berna experiente, Erivelton jovem. Os dois me passam segurança.

LATERAIS - Felipe e Jean Mota me agradaram bastante, mesmo improvisados. Mas temos 4 jogadores para as laterais, e desses só um jogou - e improvisado - na zaga: Bruno Melo. Então não dá pra arriscar nada. Moacir e Valdir brigam na direita, mas já vimos que Felipe quebra um galho - melhor que Auremir quando era improvisado. Já William Simões que se cuide, com as más referências que tem, se bobear perde a condição de titular para Bruno ou Jean - improvisado.

ZAGA - Jogamos as três partidas com dois zagueiros canhotos, sendo um deles um lateral improvisado. Por incrível que pareça, o improvisado(Bruno) se saiu melhor que o zagueiro de origem(Max Oliveira). Para o restante do ano teremos Lima e Edmar, essa me parece uma zaga segura e equilibrada, mesmo sem ter visto ambos nesse ano. Para o banco teremos o 'xerifão' Leonardo Luiz e Max Oliveira.

VOLANTES - Corrêa manteve a regularidade e foi titular nos três jogos. Guto começou de titular em duas oportunidades e mostrando o que já sabíamos/esperávamos do atleta: muita garra, raça e pouco juízo. No primeiro jogo contra o Guarany, Guto ficou apenas alguns minutos em campo e, ainda assim, conseguiu levar seu cartão amarelo de lei. Dudu entrou muito bem no amistoso contra o Maranguape, marcando um gol de cabeça; nas duas partidas contra o Guarasol não manteve o mesmo desempenho, mas não foi mal. Na volância fica nítido que já temos um titular - Corrêa - porém, fica mais nítido ainda que não temos um parceiro dele garantido. Juliano chegou, e se for bom marcador pode pintar com a camisa 5. OBS: para a posição temos Felipe, Nonato, Bruno Filgueiras, Junior, Guto, Juliano, Dudu e Corrêa.

MEIA - Nas partidas desse começo de ano nosso meio campo foi formado - na maior parte do tempo - com Everton na esquerda, Elias centralizado e Daniel Sobralense à direita. Destes, para mim, quem se manteve mais regular foi Everton, apesar de poucos lampejos e nenhum gol. Já o mais irregular foi Elias - apesar dos 4 gols -, que alternou momentos brilhantes com momentos de pura preguiça. Daniel foi bem nos três primeiros tempos dos jogos, mostra a mesma presença de área do ano passado, mas o físico do atleta é que impressiona negativamente. Barriga maior que ano passado e só assiste ao jogo dentro de campo nos segundos tempo. Recuperando o físico, Daniel Sobralense tem grandes chances de continuar com a camisa 10 do Leão, Clebinho entrou nos minutos finais do último jogo e mostrou boa movimentação. Para a meia direita ainda temos Pio - sim, Pio jogará de meia aberto pela direita - que fez um 2015 com muitos gols e chutes fortes de média distância. Jean Mota - que jogou a pré-temporada como lateral-esquerdo - começa o ano com bastante prestigio com a torcida e Flávio Araújo, pode desbancar nomes "maiores" e se firmar no time titular. Se considerarmos que Flávio Araújo utilizará 3 meias temos duas vagas em aberto, o meia central e o ponta direita - podendo ser meia ou atacante.

ATAQUE - Mais um ano e esta é a posição que mais preocupa. No primeiro jogo Eduardo e Hudson começaram como titulares e foram muito mal, Eduardo, que ficou mais tempo, foi o pior em campo do amistoso contra o Maranguape. No segundo jogo Eduardo melhorou, se movimentando mais e invertendo de posição com Daniel Sobralense, e mostrando boa presença de área - marcando um gol de cabeça. Hudson entrou no segundo tempo e pouco apareceu, mas bateu bem um pênalti e fez seu primeiro gol com a camisa do Leão. Núbio Flávio foi opção nos três jogos, sempre que entrou se movimentou bastante mas nada fez de efetivo. Ainda temos Anselmo e Juninho para estrear, além do garoto Augusto da base. O ataque segue uma grande icognita para o decorrer da temporada.



por Eduardo Damasceno (@edudamasceno)
OBS: 
O conteúdo acima é de responsabilidade expressa de seu autor.