Sobraleza com certeza! ~ Bora Leão
Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]

sexta-feira, 15 de abril de 2016

Sobraleza com certeza!

Postado por Unknown às 11:09:00 sexta-feira, 15 de abril de 2016
 
Time campeão do ano de 2000, contra o Ceará

De 2000 pra cá, a cidade de Sobral, localizada a 230 km de Fortaleza, situada na Região Norte do Estado, tornou-se a segunda casa da torcida tricolor em território cearense, perdendo apenas para os estádios em que o clube joga na nossa capital, obviamente.
Tudo começou com o nosso primeiro título que na época foi denominado de “Papa penta”, por termos evitado um pentacampeonato inédito, e até hoje tão cobiçado(valeu até uma canetada aculá 9 anos depois, mas, não vem ao caso) pelo nosso principal rival. O gol marcado aos 36 minutos do 2o tempo pelo capitão Daniel Frasson, no empate de 1 x 1 entre Fortaleza e Ceará, que resultou no título tricolor, deu início a uma relação interessante do Leão e sua torcida com a Princesinha do Norte. A torcida tricolor passou a se sentir mais em casa logo após aquele título histórico. O crescimento da presença considerável de tricolores em jogos na cidade teve um forte agravante: o respeito mútuo entre as principais torcidas do Leão e do Cacique do Vale, o que tornou o confronto interessante para levar toda a família para curtir um bom espetáculo. Se formos contar todas as partidas realizadas contra o Rubro-Negro sobralense, no “Juncão”, ficaríamos escrevendo até o dia seguinte e haja teclado! Então, vamos aos principais confrontos, ok?!

Em 2003, ano em que o Fortaleza voltou a participar da Série A após 10 anos, o Leão cumpriu uma punição por perda de mando de campo contra o Vitória/BA. No duelo de Leões, o cearense saiu vencedor com o placar de 1 x 0, gol marcado pelo baiano Renna. Curiosamente, tal partida foi apitada por Edilson Pereira de Carvalho, envolvido no escândalo de combinação de resultados do Brasileirão 2005.

No ano seguinte, em 2004, na Série B, o Fortaleza sofrera outra punição por parte de alguns torcedores indisciplinados. As partidas em que o Leão pagou tal punição na primeira fase do certame foram contra América/MG e Santo André/SP. Os mesmos foram realizados no meio da semana, à noite, mas o Leão contou com o apoio do torcedor que pegou estrada e também dos moradores da segunda  maior cidade do interior cearense. Os resultados foram tranquilos e favoráveis ao Tricolor do Pici: 4 x 0(gols de Rinaldo, por 3 vezes, e Agnaldo) no Coelho e 3 x 1(gols marcados por Lúcio Bala, Marco Antônio e Rinaldo) sobre o Ramalhão.  Achou que o Fortaleza tinha dado adeus à Princesinha do Norte no ano de 2004? Ainda não! Pelo Quadrangular Final da Segunda Divisão daquele ano, o Fortaleza venceu o Brasiliense por 1 x 0, com gol marcado por Jean Carlo, que mesmo demonstrando uma enorme limitação, para quem era acostumado com Rinaldo(transferido para o futebol coreano mais cedo) como camisa 9, foi decisivo. Detalhe: a partida foi realizada às 15h, em razão do horário de verão, ausente na Região Nordeste. A CBF não se deu ao trabalho de alterar a partida para 17h no horário de Brasília para que no horário daqui fosse às 16h, horário um pouco menos ruim. Você que esteve no Junco, lembra da quentura?!

Por um longo tempo, o Fortaleza deixou de visitar Sobral para jogos do Campeonato Brasileiro. Nesse meio tempo, o Junco recebeu cadeiras do antigo Castelão, ficando um pouco mais confortáveis para os desportistas sobralenses e visitantes. Em 2012, já pela infernal Série C que nos persegue, no dia das eleições municipais por todo o Brasil, o Tricolor, já classificado para o mata-mata da competição e com o time reserva, empatou em 1 x 1 com o já rebaixado Guarany, na última rodada. O tento tricolor foi anotado por Jackson Caucaia. O resultado pouco interessou e importava a muitos tricolores, que estavam divididos entre o 13 de Elmano de Freitas e o 40 de Roberto Cláudio, minutos antes do início da apuração dos votos daquele 2o turno de eleição.
 

Em 2013, pagando mais uma punição, o Fortaleza amargou um empate com o Águia de Marabá/PA. O Leão abriu o placar com Assisinho, tomou a virada e empatou no último minuto, evitando um vexame(de vários ocorridos com o comando da gestão da época), com gol marcado pelo zagueiro Charles. Quem vos escreve estava em pleno sábado a tarde, na época de seu intercâmbio, escutando e sofrendo com esse amargo resultado por alguma rádio na internet. Quem ama sofre até de longe! Algumas semanas depois, o Tricolor voltaria àquela cidade para enfrentar o CRB/AL. Vitória sem sustos por 3 x 0, com gols marcados por Guaru, Lúcio e Assisinho.

Neste ano, o Fortaleza novamente fez algumas visitas à Sobraleza. Em meados de Janeiro, o Leão conquistaria o primeiro título do ano sobre o Guarany, dono da casa: a Taça dos Campeões Cearenses. Vencemos por 2 x 0, com dois gols de Elias, após ter vencido o jogo de ida no Estádio Alcides Santos por 3 x 0. Na estreia do Estadual, no dia 23 daquele mês, vitória elástica contra o Itapipoca, por 3 x 0. Daniel Sobralense deixou a sua marca por duas vezes e Anselmo, artilheiro do Fortaleza na temporada, fechou a conta. Em pleno sábado momino(de carnaval), voltamos pra nossa segunda casa no nosso Estado. Empate amargo contra o mesmo Itapipoca por 1 x 1, com Anselmo nos salvando de uma derrota pro até então lanterna da competição, nos últimos minutos da partida.

Esperamos que os tricolores tenham gostado desta pequena viagem ao tempo sobre os jogos do Leão em Sobral. Mais curiosidades, em breve, aqui no Bora Leão!

SERVIÇO:


Os ingressos para Guarany de Sobral x Fortaleza estão sendo vendidos nas bilheterias do Alcides Santos ao preço de 30 reais(apenas inteiras). A diretoria tricolor informa que as meias só poderão ser encontradas em Sobral. Segundo funcionário do clube, 200 dos 400 ingressos disponibilizados para os tricolores já haviam sendo vendidos até às 17h de ontem(14).

As caravanas, em ônibus/microônibus, ficam por conta da Leões da TUF, da Jovem Garra Tricolor, da Fortaleza Beer, dos Amigos do F.E.C., da Leões Open Bar, e etc. Consultar as redes sociais das torcidas citadas para informações sobre valores, horários e disponibilidade.


Texto por Pedro Brasil