Fortaleza empata com o Remo e segue sem vencer na competição. ~ Bora Leão
Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]

domingo, 16 de julho de 2017

Fortaleza empata com o Remo e segue sem vencer na competição.

Postado por Unknown às 22:05:00 domingo, 16 de julho de 2017

(Foto: Site Futebol Interior)
Início de returno com um clássico do Norte-Nordeste, PV com bom público e estreias de novas contratações. O cenário parecia perfeito para o Fortaleza voltar a vencer na competição e afastar a desconfiança que assolava a equipe por parte da torcida, mas isso não aconteceu. As equipes ficaram no empate de 1x1 na noite deste domingo (16), pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série C, e o Fortaleza amarga o seu quarto jogo com resultado negativo na competição. O resultado deixa o Tricolor na 2ª posição com 15 pontos ganhos. Já o Remo segue colado no G-4, na 5ª posição com 13 pontos ganhos.

O Jogo

1º Tempo

O jogo começou com o Fortaleza tendo mais posse de bola, mas como a equipe do Remo fazia marcação alta, os jogadores do Leão encontravam muitas dificuldades para sair jogando e acabaram abusando de chutões para o campo de ataque. Com isso a equipe remista foi se postando e começou a aproveitar os contra-ataques. No primeiro deles, Pimentinha fez excelente jogada em velocidade e cruzou para o centroavante Luiz Eduardo cabecear e Boeck fazer uma excelente defesa. O camisa 9 remista voltaria a aparecer em poucos instantes no PV. Logo na sequência, o Remo encaixou outro contra-ataque desta vez mortal. Luiz Eduardo e o meia Eduardo Ramos foram tabelando no meio da zaga tricolor até o atacante aparecer na frente de Boeck e finalizar com precisão, abrindo o placar para a equipe paraense. Após o gol, já se percebia uma cera por parte do goleiro do Remo, tal comportamento passara também para os jogadores da linha. A equipe tricolor sentiu o gol, mas conseguiu criar algumas chances, o único problema era na hora da finalização. Os jogadores seguiam tentando melhorar no fundamento até que aos 32, Pablo cruzou no segundo pau e Paulo Sérgio cabeceou no contrapé do goleiro Vinícius, deixando tudo igual e levantando os torcedores na arquibancada. Após o empate os dois clubes ainda criaram chances, tanto que o Remo teve um gol anulado por impedimento, e o Fortaleza levou perigo em finalizações de fora da área, mas nada que alterasse o placar. Final de primeiro tempo com aplausos tricolores.

2º Tempo

Na volta do intervalo, o Fortaleza seguiu pressionando muito, mas sem levar perigo algum ao goleiro remista. Os jogadores abusaram de cruzamentos na área, que sempre passavam de uma lateral a outra, pois não tinha ninguém lá para concluir em gol. Já o Remo seguia aproveitando os contra-ataques. Em um chutão para o ataque Pimentinha saiu cara a cara com o goleiro Marcelo Boeck, que novamente cresceu pra cima do ataque azulino e defendeu mais uma. A partir daí a torcida foi ficando impaciente com o time que não apresentava uma ligação eficiente entre ataque e defesa. Diante disso o treinador Paulo Bonamigo se viu obrigado a mexer no time promovendo as estreias de Vinícius Pacheco e Guilherme Santos. Vinícius até estreou bem, se mostrando muito participativo e voltando para iniciar o ataque ainda da defesa, mas isso não resultou em muita coisa. A equipe continuava abusando de cruzamentos sem perigo e quando finalizava não levava perigo algum. Quem quase conseguiu a vitória foi o Remo. Em mais um contra-ataque, Edgar partiu sozinho pela esquerda e rolou para Flamel finalizar. A sorte do Leão do Pici, foi que Guilherme Santos apareceu no momento certo para travar o chute e salvar o Tricolor de um resultado muito pior em seus domínios. Final de jogo no PV, com mais um péssimo resultado e vaias da torcida.

MELHORES MOMENTOS DA PARTIDA:


Agora, resta saber até quando o treinador Paulo Bonamigo resistirá a essa sequência de resultados negativos. Na próxima rodada, o Fortaleza volta a jogar na sexta-feira (21), encarando o Botafogo-PB, 4º colocado, no Estádio Almeidão,às 21 horas. Outro resultado negativo, desta vez em solo paraibano, pode marcar de vez a queda do comandante tricolor.


João Vitor Paiva

Instagram: @jvpaiva77