O FIM DO ESTADUAL SUB-20 ~ Bora Leão
Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]

segunda-feira, 23 de outubro de 2017

O FIM DO ESTADUAL SUB-20

Postado por BORA LEÃO às 13:09:00 segunda-feira, 23 de outubro de 2017
Elenco Campeão Cearense Sub-20 de 2017 (Foto: Assessoria FEC) 

O Fortaleza é o atual campeão cearense sub-20, e aparentemente, o último. A Federação Cearense de Futebol optou na última sexta-feira (20) por extinguir as disputas do sub-20 masculino e feminino no estadual, criando a sub-19.

A disputa entre atletas abaixo de 20 anos iniciou em 1972 com o Campeonato Cearense de Juniores, onde o Fortaleza é o maior vencedor com 11 títulos (1972, 1973, 1974, 1976, 1978, 1980, 1981, 1983, 1985, 1986 e 1997). Em 1998, a FCF então iniciou a disputa do Campeonato Cearense Sub-20, entre idas e vindas, o tricolor de aço também se sagrou o maior vencedor da disputa com nove títulos (1998, 2001, 2002, 2003, 2005, 2011, 2013, 2014 e 2017). Essa também não é a primeira vez que a FCF termina a competição que não teve disputa em 1999, 2000, 2004 e entre 2007 e 2010.

O QUE MUDA? Com a mudança, dezenas de garotos não terão direito a um último ano na base, alguns ainda sem estarem prontos para o futebol profissional.  No próprio Leão do Pici, vários atletas ainda disputariam mais um ano de estadual sub-20 e hoje tem futuro incerto com a mudança, o que deve ser realidade na maioria das bases do estado.

A FCF argumenta que a diminuição do sub-20 para o sub-19 se deve para as equipes chegarem para a disputa da Copa São Paulo com a mesma equipe que disputou o estadual da categoria. A final desse ano foi disputada no dia 9 de julho, já o sub-19 estará em disputa até o dia 9 de setembro de 2018.
Outro argumento da Federação é tencionar convocações para as Seleções de base. Vale lembrar nenhum atleta atuando no estado foi convocado para a Seleção Sub-20 Masculina (Amaral jogou pelo Sub-18 na Copa Sendai, em 2005, e o Pan-Americano disputado por Tinga em 2015 era Sub-23).

NO QUE PREJUDICA? Vale lembrar que a categoria de base tem dois princípios básicos: Render atletas ao time profissional e gerar negociações, os títulos são apenas um bônus para as equipes. A disputa da Copa São Paulo é importante, mas vale mais para a experiência e rodagem do que realmente chances de título para os clubes cearenses. Basear todo um calendário em um torneio que sequer tem valor oficial parece precipitado e pode acabar com os sonhos de dezenas de garotos.