Uma declaração de amor – Especial ~ Bora Leão
Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]

quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Uma declaração de amor – Especial

Postado por Paulo Rodrigo às 19:54:00 quarta-feira, 18 de outubro de 2017
Foto: Reprodução
O pano pode até desbotar estirado ao sol ou guardado em minha gaveta. Porém as três cores que o envergam jamais perderão o seu brio. O vermelho de Mozart, o azul de Clodoaldo e o branco redentor de Cassiano ecoam nos bairros da cidade e descansam nas quatro linhas do Pici. A mística daquelas camisas carrega com ela o suor do meu rosto, tantas vezes imperceptível aos holofotes, mas nunca ausente.

Como não amar o Fortaleza? O meu desejo é nato, a sua composição me agrada aos olhos. Desafio aqueles mais incrédulos, retirando aqui qualquer influência familiar prévia: apresente a uma criança, em seus primeiros anos de vida, a minha camisa e a do rival. E permita que ela escolha! O colorido é suave e as cores banham a sua vista.

São quase 100 anos de história, meus amigos. E a tradição já me pregou algumas peças. Acessos e rebaixamentos. Vitórias e derrotas. Euforia e luto. Tive a oportunidade de ser provado e moldado, restando em mim apenas o amor incondicional. O Fortaleza sempre foi um filho rebelde, de personalidade forte , mas que sempre carreguei nos braços. 

18 de outubro de 2017, 99 anos depois, eu vejo como mudei. Já usei terno e gravata à beira do gramado. Já torci contra Maguari e Gentilândia. Já gargalhei vendo meu maior rival levar oito gols. Já fui duas, três e quatro vezes campeão seguido do estado. Fui dono do Norte e Nordeste em duas ocasiões. Já vi Daniel Frasson e Cassiano “paparem” dois pentas. Já vi vitórias contra os maiores times do meu país. Mudei do rádio para TV e amarguei por 8 anos o fracasso, até ver Boeck pular no ângulo para me tirar de um lugar que não era meu. 

É, Fortaleza. Hoje o aniversário é seu mas sou eu quem ganha o maior presente: a sua existência.

Assinado: Torcedor.

Gabriel Antônio 
Jornalista