Marconne Montenegro é o novo técnico do sub-20 ~ Bora Leão
Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]

sábado, 20 de janeiro de 2018

Marconne Montenegro é o novo técnico do sub-20

Postado por Luca Laprovitera às 01:18:00 sábado, 20 de janeiro de 2018
Marconne comandando um treino do sub-17, em 2016.
(Foto: Arquivo Pessoal)
Depois de cair na Primeira Fase da Copa São Paulo de Juniores pelo quinto ano seguido, o Fortaleza mudou de comando para o time sub-20 de 2018. Totonho deixou a equipe e seu auxiliar Marconne Montenegro, de 43 anos, foi efetivado para a função.

Formado em Educação Física pela Faculdade Integrada do Ceará - FIC (atual Estácio), Marconne também possui pós-graduação em Fisiologia e Biomecânica, pela Estácio. Chegou no Tricolor de Aço para ser professor da Escolinha em 2013. Estudioso, chamou a atenção da diretoria e assumiu o sub-13, em 2014, levando a equipe que nos anteriores em 8º e 10º lugares, ao 4º e 3º lugares nas duas temporadas seguintes. 

O crescimento de rendimento do sub-13, levou Marconne a assumir o time sub-17 em 2016. Com o vice-campeonato estadual, foi convidado a ser auxiliar de Totonho no sub-20 em fevereiro de 2017 pelo então Diretor de Esportes Amadores e Olímpicos, Daniel de Paula Pessoa (hoje Diretor de Futebol Profissional). Conquistou o título estadual sub-20, e foi auxiliar de Daniel Frasson no elenco profissional vice-campeão da Copa Fares Lopes de 2017. Por último, foi auxiliar do sub-20 na Copa São Paulo de Juniores desse ano e agora é efetivado na função.


ANÁLISE
Marconne e o supervisor das bases, Chicão.
(Foto: Arquivo Pessoal)

Achar um bom treinador para categorias de base não é fácil, além da necessidade de um conhecimento no futebol profissional, o técnico tem que sempre estar atento na descoberta e desenvolvimento de seus atletas. Acompanho Marconne desde o sub-13 e tive a oportunidade de conhecer pessoalmente durante 2017. Estudioso, tem Pep Guardiola como uma das referências e admira as obras de Marti Perarnau "Guardiola Confidencial" (2014) e "Pep Guardiola - A Evolução" (2016).

Em um futebol tão pobre de conteúdo, é ótimo ter a oportunidade de vermos alguém aberto ao estudo da bola e que o saiba passar aos seus comandados. Marconne gosta de jogo bonito, bola no chão e toque de bola, não que teremos um tiki-taka nas bases, mas novas ideias são bem-vindas e necessárias. Toda sorte do mundo ao novo comandante e para a nossa base que precisa de rostos e ideias novas.

Por Luca Laprovitera