De olho no adversário: Boa Esporte ~ Bora Leão
Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]

segunda-feira, 16 de abril de 2018

De olho no adversário: Boa Esporte

Postado por Paulo Rodrigo às 11:10:00 segunda-feira, 16 de abril de 2018

Diferente do Guarani/SP, o Boa Esporte Clube, ou simplesmente Boa, não é uma equipe tão tradicional, tampouco algoz do Fortaleza, já que este será o primeiro confronto entre as duas equipes. Fundado em 1947, mas profissionalizado apenas em 98, o clube mineiro tem como principal conquista uma Série C, vencida em 2016. Além de um terceiro lugar no Campeonato Mineiro, em 2009.

Números em 2018

A temporada atual da equipe de Varginha também não das melhores. De volta à elite do futebol mineiro após figurar o Módulo II em 2017 (uma segunda divisão local), avançou de fase apenas na 7ª posição e logo foi eliminado nas quartas de final para o América/MG.

Na Copa do Brasil, foi eliminado na segunda fase sem vencer e sem marcar gols no tempo regulamentar. Primeiro, enfrentou o Vitória da Conquista, fora de casa e avançou pela vantagem do empate para visitantes. Na etapa seguinte, enfrentou o Goiás, também fora de casa. O empate sem gols levou a decisão para os pênaltis. Melhor para os goianos, que venceram por 6 a 5.

Por fim, foi derrotado pelo Londrina, fora de casa,  no último final de semana, em sua estreia na Série B. O placar final foi de 1 a 0. 

E por falar em Série B...

O histórico do Boa Esporte não é dos mais vencedores. Mas é preciso ressaltar que, apesar dos altos e baixos, o Boa já disputou boas temporadas no certame. Possui um histórico. De 2003 pra cá, o clube soma sete participações em Série B. Em 2014, inclusive, fez ótima campanha na competição, o que lhe rendeu o 6º lugar, apenas três pontos atrás do 4º colocado. Em 2017, terminou em posição mais modesta, apenas em 10º.

Setor ofensivo em baixa

Apesar de chegar às quartas do (até complicado) Campeonato Mineiro, o Boa teve simplesmente o pior ataque da competição. Foram apenas 5 gols marcados em 12 jogos. Para se ter uma ideia, o Uberlândia, lanterna do campeonato, marcou 9 gols. Se formos ainda mais longe, esses foram os únicos gols da equipe de Varginha até aqui. Pois, como citado acima, não marcaram na Copa do Brasil e nem na Série B - até aqui.

Em busca de mudar esse quadro, a diretoria do clube resolveu agir e levou o atacante Felipe Alves, de 27 anos, que disputou o Mineiro pela URT e marcou três gols.