Parque dos Campeonatos: Estádio Alcides Santos completa nesta quinta-feira, 56 anos ~ Bora Leão
Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]

quinta-feira, 21 de junho de 2018

Parque dos Campeonatos: Estádio Alcides Santos completa nesta quinta-feira, 56 anos

Postado por Ricatdo Tavares jor90 às 12:28:00 quinta-feira, 21 de junho de 2018
               



"Me arrepio ao lembrar, daquele gol de Cassiano, na história vai ficar, junto com Alcides Santos". Alcides Santos, o nome do fundador do Fortaleza e que ficou imortalizado em uma canção da torcida tricolor em 2015, é também o nome do estádio do leão. E nesta quinta-feira (21), a atual sede do Fortaleza, localizada no bairro do Pici, completa 56 anos.

Em 1951, a prefeitura municipal de Fortaleza decide reformar o estádio Presidente Vargas (PV). Naquela época, o PV era o principal palco do futebol cearense, já que o Castelão foi inaugurado apenas em 1973. Com a reforma no PV, renasce a ideia da diretoria tricolor em ter um estádio particular. Na década de 20 e 30, o leão mandava seus jogos no Campo do Alagadiço e no estádio do Campo da Praça das Pelotas, que hoje se chama Praça Clóvis Beviláqua.

Foi em 1957 que o Fortaleza adquiriu um terreno no Pici. Durante a Segunda Guerra Mundial, o bairro foi base militar dos Estados Unidos. Com a mudança para o novo local, o leão passa a ser conhecido como Leão do Pici.

Na nova sede, o Fortaleza inicia a construção do estádio Alcides Santos. No dia 21 de junho de 1962, o sonho da diretoria tricolor se torna realidade. A estreia contra o Usina Ceará, em um amistoso, marcou o início de uma nova era na história do Fortaleza. Apesar do gol inaugural ser marcado por Cleto, atleta do Usina, o leão virou a partida e garantiu a festa da torcida tricolor.

Com o retorno do estádio Presidente Vargas e a inauguração do Castelão, o Alcides Santos foi, durante muito tempo, deixado de lado para jogos oficiais. A baixa capacidade para o público, que na época era apenas de 5 mil pessoas, deixou o estádio com poucas condições para disputar com as outras duas arenas. Mas a sede no Pici continuou firme e forte. 56 anos depois, ainda é no acanhado bairro do Pici onde funciona a sede administrativa e grande parte dos treinos dos jogadores.

No dia 12 de Março de 2008, mas uma grande realização no Parque dos Campeonatos. O primeiro jogo oficial do estádio, foi disputado contra o Itapipoca, em partida válida pelo Campeonato Cearense. Mas, apesar de ser o dono do local, curiosamente o mandante do jogo foi o clube do interior. O primeiro gol da reinauguração do Alcides Santos foi marcado por Juninho, zagueiro do Fortaleza. Pelo lado do tricolor, ainda marcaram naquele dia o meia Rogerinho e o lateral-esquerdo Márcio Azevedo. O duelo terminou com um empate por 3 a 3.

Depois da reinauguração, o Fortaleza mandou vários jogos do Campeonato Cearense no estádio Alcides Santos. No dia 16 de março de 2010, o primeiro jogo em uma competição nacional. Na Copa do Brasil, o leão venceu o Guarani de Campinas/SP, por 2 a 0, com gols de Tatu e André  Turatto. Além dessa partida, o Fortaleza ainda disputou outros jogos pela Copa do Brasil e pelo Campeonato Brasileiro da Série C.

Em junho de 2014, o leão recebeu a equipe italiana do Hellas Verona para um amistoso. O time europeu derrotou o tricolor por 4 a 3.

A última partida oficial no Pici aconteceu no dia 3 de janeiro de 2016, na vitória do Fortaleza por 3 a 0 no Maranguape. 

                  MAIORES ARTILHEIROS DO PICI:

Bismarck - 7 (Fortaleza)
Gilmak - 7 (Fortaleza) 
Reginaldo Júnior - 7 (Fortaleza)
Tatu - 7 (Fortaleza)
Ribinha - 7 (Tiradentes)
Careca - 7 (Maracanã)

Cleiton  - 7 (Tiradentes e Quixadá)

O goleiro Jefferson, que coleciona passagens por Fortaleza, Horizonte e Ferroviário, já marcou três gols no estádio.

Além das atividades futebolísticas, o estádio Alcides Santos recebeu presença ilustre em 2012. Em sua visita a cidade, a então presidente Dilma Rousseff fez uma "escala" no Leão do Pici. O helicóptero que trazia Dilma pousou no meio do gramado e a ex-presidente do Brasil recebeu uma camisa do Fortaleza das mãos de Osmar Baquit

O estádio Alcides Santos faz parte da história do Fortaleza. Seja para assitir jogos ou apenas para acompanhar treinos, o torcedor tricolor se sente em casa quando está presente na sede do clube. Hoje, a sede do tricolor passa por melhorias em todos os pavimentos e esse patrimônio do leão tem que ser zelado por diretores e torcedores.

Parabéns, estádio Alcides Santos. Desde 1962, o parque dos campeonatos!


Por: Ricardo Tavares
Twitter: @ricardo1tavares