Saldo do dia: testes, estreia de Madson e vitória convincente ~ Bora Leão
Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]

domingo, 1 de março de 2020

Saldo do dia: testes, estreia de Madson e vitória convincente

Postado por Paulo Rodrigo às 20:35:00 domingo, 1 de março de 2020
Foto: Leonardo Moreira/Fortaleza EC


No Estádio Presidente Vargas, pela 5ª rodada do Campeonato Cearense, o Fortaleza recebeu o Barbalha em partida interessante, onde o técnico Rogério Ceni pôde testar jogadores (atacante Madson estreou) e dar uma pequena folga aos que atuaram na última quinta-feira, 27, contra o Independiente.

Os visitantes até assustaram ao abrir o placar logo aos 6 minutos de jogo, mas o Fortaleza teve paciência e frieza para virar a partida e sair vitorioso. Do início ao fim do confronto, foi o Tricolor quem tomou conta das ações. Inclusive, era o que o Leão fazia na jogada que acabou por gerar o gol adversário, que veio após bola perdida por Nenê Bonilha.

A virada veio ainda no primeiro tempo, com Wellington Paulista e Carlinhos. O Barbalha voltou a incomodar e empatou logo na volta para a segunda etapa, mas Tinga e Nenê Bonilha botaram o Fortaleza na frente de novo, fechando a conta. 4 a 2.

A falta de entrosamento pesou

A estratégia do Barbalha era clara: jogar no erro do adversário e explorar contra-ataques. Não que o Fortaleza tenha dado muita liberdade pra isso. Pelo contrário: a equipe de Ceni rondava todo o campo de defesa da Raposa, mas pecava na tomada de decisões. Muito disso se deve ao fato de o treinador Tricolor ter optado por um time misto, visando oportunizar outros jogadores e poupar “titulares”.

As primeiras impressões sobre Madson

Contratação mais recente, o jovem atacante de 20 anos, oriundo da base corinthiana, conta com os atributos básicos que o torcedor clamava: velocidade e ousadia. Dos outros mais que foram possíveis observar “de cara”, Madson é insistente em suas jogadas; briga até o fim. De “negativo”, apenas a necessidade de amadurecimento na hora de definir jogadas, seja para gols ou passes. O aprendizado, nesse caso, tende a ser natural.

Dúvidas e progressos

Em matéria ofensiva, a equipe segue agradando. Gols e jogadas inteligentes têm saído. Ingredientes principais para julgar um bom sistema de ataque. A defesa, porém, segue em evolução lenta. Há momentos de muita identificação e firmeza entre a dupla de zaga formada por Paulão e Quintero; outros de confusões e falhas bobas que, por muitas vezes, tiram suspiros do torcedor. Outras peças estão à disposição e em busca de uma oportunidade de mostrar serviço. Contra os argentinos, por exemplo, Jackson deu sinais de que está mais do que na briga. Mesmo sem ritmo de jogo, fez uma partida segura e regular.

Agora vice-colocado, o Fortaleza volta a campo na próxima quarta-feira, 4, às 21h30, para o Clássico das Cores diante do Ferroviário. Uma vitória pode significar a liderança para o Leão, que tem dois jogos a menos que o atual líder, Guarany de Sobral.